Estética dental: Entenda tudo sobre este conceito e como ele pode mudar o seu sorriso

Todos nós gostamos de ter um sorriso bonito, nos preocupamos com a nossa estética dental.  A estética oferece alguns tratamentos para alcançar um sorriso harmonioso e bonito. 

Sabemos que uma alimentação saudável e a higienização bucal impactam bastante na tendência dos dentes ficarem mais bonitos e branquinhos. 

Inclusive nos consultórios odontológicos tem crescido a cada dia as buscas pelo, clareamento, tratamentos restauradores, e lente de contato nos dentes.

Podemos até falar sobre dentes mais bonitos, porém a estética dental, é muito mais que uma simples vaidade, como muitos pensam. 

Pois, muitas vezes alguns sorrisos trazem uma insatisfação ao paciente, e afetando a autoestima, e até mesmo, a vida profissional do indivíduo. E ainda sim, alguns procedimentos de estética, auxiliam para manter uma boa saúde bucal. 

Um exemplo, são os tratamentos ortodônticos, que possuem um encaixe ótimo das arcadas dentárias e dentes. 

Sendo assim, é possível alcançar um sorriso perfeito de verdade, através da estética dental, em alguns casos, a lente de contato dental pode ser a solução, dentre outros procedimentos. 

A aparência do paciente se renova e a imagem dele volta a ser valorizada, e ao mesmo tempo, auxiliando na saúde da boca e dos dentes.

Procedimentos mais comuns na estética:

Abaixo estão listados alguns procedimentos estéticos mais utilizados, e como são aplicados. Conheça algumas opções:

  1. Clareamento dental

É um dos procedimentos mais utilizados pelos pacientes. Ele é super simples e muito seguro. Tem como finalidade tirar as manchas, chegar em uma tonalidade mais clara dos dentes, mas sempre respeitando uma naturalidade, e também, deixando mais saudável.

  1. Alinhamento dentário

Os alinhadores dentários são excelentes quando se trata de tratamento ortodôntico. Existem vários tipos de aparelhos, como, aparelhos móveis, aparelho dental transparente, aparelho fixo, aparelho lingual, dentre outros. 

Esse tratamento não tem restrição de idade. Com esses aparelhos, é possível fazer a correção de: 

  • Desalinhamento;
  • Dentes com giros;
  • Alterações na mordida;
  • Espaçamento entre dentes.
  1. Facetas de porcelana

A faceta dentária é um tipo de prótese de porcelana. É projetada para cada cliente, o formato e a coloração, da forma que que o paciente preferir para o seu sorriso. Principais correções das facetas:

  • Corrigir diferença de tamanho;
  • Alterar tonalidade dos dentes;
  • Esconder manchas;
  • Consertar pequenos trincos.

Depois que o indivíduo opta por utilizar a faceta dental, não é possível ficar sem ela.        Essas próteses só podem ser removidas por um profissional da área.

  1. Gengivectomia

Muitos confundem gengivoplastia com gengivectomia, por mais que ambos procedimentos sejam para corrigir assimetria da gengiva, são processos diferentes. Na gengivectomia, são extraídos alguns tecidos que prejudicam a estética dental. 

Quando há hiperplasia, ou seja, um crescimento do tecido, é de necessidade realizar uma gengivectomia. Em alguns casos de correção, não é possível alcançar uma satisfação trabalhando apenas com a gengiva. 

Quando isso ocorre, os ossos são remodelados para atingir a simetria e harmonia da gengiva desejada.

Benefícios da estética dental

Você já sabe que a estética dental promove uma valorização da imagem do paciente, mas também, os benefícios são mais que a elevação de autoestima, embora esse seja um dos principais. 

A saúde bucal é muito importante, pois ela traz vantagens para utilização desses procedimentos odontológicos. 

Qualidade de vida, com esses procedimentos  de estética dental você terá: Mais harmonia e simetria no sorriso, satisfação em sorrir, facilidade na hora de cuidar da saúde bucal, e muito mais aproveitamento de nutrientes na alimentação. 

Desse modo, há uma forma de estética e  saúde equilibradas, garantindo uma satisfação na autoestima. 

Ordem dos procedimentos

Muitos indivíduos realizam os procedimentos odontológicos estéticos, sem se orientar qual é a ordem correta, uma sequência que garante, economia financeira e a saúde bucal.

A melhor forma de realizar esses tratamentos é a seguinte: aparelho ortodôntico, implante de clareamento, colocação de lentes de contato ou facetas e realizações de restaurações.

Um exemplo: se o paciente utiliza aparelho ou tem alguma prescrição de algum profissional de usá-lo, não terá resultados com o clareamento dental, porque onde está localizado o bráquete não haverá clareamento e o alinhador pode mudar a cor do dente. 

Por isso, a utilização do aparelho ortodôntico deve ser realizada antes de clarear ou implantar os dentes, para não ocorrer erros e insatisfação.
Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Lógica de Mercado, uma rede de conteúdos para alavancar negócios e proporcionar mais qualidade de vida e saúde.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

quatro − 3 =