Reconstrução oral, conheça os procedimentos que devolvem seu sorriso.

Muitas doenças bacterianas são responsáveis por causar danos à saúde e à beleza dos dentes. Quando esses problemas se acumulam, tratá-los individualmente pode ser demorado e desencorajador. Deste modo, a reconstrução oral pode ser a solução para esses pacientes.

De acordo com dados divulgados pela Associação Brasileira de Odontologia, em 2012, o país contava com aproximadamente 27 milhões de pessoas que nunca tiveram nenhuma assistência odontológica. 

Em muitos desses casos, a negligência com a saúde bucal era causada devido à falta de informação.

No entanto, as enfermidades bacterianas e as anomalias no desenvolvimento dentário impactam o dia a dia das pessoas, podendo causar:

  • Mau hálito;
  • Cáries;
  • Patologias gengivais;
  • Dores de cabeça, pescoço e coluna;
  • Dificuldades de mastigação e deglutição;
  • Problemas respiratórios;
  • Perda dentária.

Essas consequências interferem na capacidade de socialização, nos relacionamentos pessoais, no desempenho no trabalho, bem como na autoestima e na qualidade de vida.

Por isso, consultar um cirurgião-dentista para a realização de uma reconstrução oral pode ser essencial para a manutenção de uma vida mais equilibrada e satisfatória.

O que é a reconstrução oral?

Também conhecido como reabilitação oral, esse tratamento visa recuperar a estética e a funcionalidade dos dentes por meio de uma ação multidisciplinar que unirá várias especialidades da odontologia, para tratar de todos os problemas bucais que foram acumulados com o tempo.

Essas ações podem incluir a reposição dentária, tratamentos cosméticos para recuperar a beleza do sorriso e até cirurgias de extração dental. Tudo isso é feito com base em um planejamento detalhado realizado pelo dentista após a examinação oral e os exames.

Depois disso, é feito um cronograma com todas as medidas que devem ser tomadas para corrigir os problemas estruturais, de saúde, estéticos e funcionais de cada paciente. Por ser um processo extenso e personalizado, os preços podem variar bastante.

Assim, é preciso tirar todas as dúvidas relacionadas a esse assunto previamente com o profissional – como o valor de um implante dentário, e como isso irá afetar o tempo e custo do tratamento.

Também deve-se conversar sobre os materiais utilizados para a realização de cada intervenção, a necessidade de manutenção, o processo de recuperação e as técnicas de aplicação utilizadas que podem interferir no resultado final e na satisfação do paciente.

Além disso, esses detalhes interferem em quanto custa lente de contato dental, ou qualquer outro procedimento. Deste modo, é preciso tomar todas essas decisões com antecedência.

Os impactos desse tratamento no sorriso

Ultimamente, os brasileiros têm procurado muito pelos tratamentos cosméticos odontológicos, para melhorar o aspecto do sorriso e ajudar com a manutenção da autoestima e a confiança pessoal.

Entre as intervenções mais preteridas estão o branqueamento e a aplicação da lente de contato dental. Isso mostra a importância que o bem-estar bucal tem nas questões emocionais e psicológicas das pessoas.

Por meio da reconstrução oral é possível perceber essas melhorias, mas também a recuperação da funcionalidade da mastigação, o conserto do encaixe das mandíbulas, o reposicionamento dental (que facilita a escovação e dificulta a ação bacteriana) e o fim das dores.

Além disso, é possível reduzir os riscos de perdas dentárias tão prejudiciais para a saúde geral, bem como garantir uma saúde intacta.

Quais são os procedimentos que podem ser incluídos?

Como dito anteriormente, os tratamentos escolhidos irão depender das necessidades e da possibilidade financeira de cada paciente.

Isso pode incluir desde intervenções mais simples, como a remoção de cáries, até cirurgias mais complexas para ajustes estruturais ou a reposição de dentes perdidos. Algumas outras ações são:

  1. Tratamento ortodôntico

O dentista pode ver a necessidade de uma intervenção ortodôntica para reparar os problemas mais complexos relacionados ao posicionamento dental, a má oclusão – encaixe inadequado das arcadas dentárias – ou o espaçamento entre os dentes.

Nesse caso, será necessária a utilização de um aparelho invisivel, ou algum outro tipo de aparelho dental. 

Cabe ressaltar que esse tratamento pode impactar no tempo total para a conclusão da reconstrução, uma vez que este é um processo naturalmente mais longo.

  1. Intervenções estéticas

Além disso, algumas intervenções na aparência dos dentes que visam recuperar a coloração original e eliminar as manchas e o escurecimento, como o clareamento dental, podem ser sugeridas ao final do uso do aparelho.

  1. Extração dentária e implantes

A remoção dentária pode ser necessária por diversos motivos e a cirurgia é a forma mais segura e simples de fazê-la. 

Esse geralmente é um procedimento comum que exige anestesia e sutura, mas que pode ser feito no próprio consultório odontológico.

Já a cirurgia para reposição dos dentes perdidos, como o implante dentário, pode ser um pouco mais complicada e demorada, devendo ser feita com atenção.

No entanto, o processo apresenta muitas vantagens em relação às dentaduras convencionais, pois é mais estável, não machuca e é mais facilmente adaptável, além de recuperar a mordida e a beleza do sorriso.

Em conjunto com esses procedimentos, também pode ser recomendada a restauração, limpezas profundas, aplicação de flúor, tratamento de canal e periodontíco, entre outros procedimentos.

Por isso é preciso entrar em contato com um dentista de confiança e marcar uma consulta para a avaliação das reais necessidades, desejo e viabilidade de cada tratamento.Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe da Networkflow, especializada em materiais para network, empreendedorismo e dicas para a saúde e qualidade de vida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 + 8 =